Visao ENFernal a 17 de Setembro de 2010 às 00:37
Como mais ninguém comentou este assunto, apresento algumas soluções para as questões levantadas, devidamente fundamentadas pelos estudos realizados.
Quanto às nutrições parentéricas, uma estratégia para diminuir a recorrência de flebites é a administração concomitante de heparina/hidrocortisona (desconheço dosagens e modo de administração, apenas aponto uma das formas de contornar este problema segundo as referências consultadas) bem como a aplicação de nitroglicerina transdérica 5 cm acima do local de punção.

Quanto à administração de cefalosporinas, uma das estratégias que pode ser utilizada é a diluição do ATB em água p.p.i. em vez da solução a 0.9% que usamos com frequência. Tem a desvantagem de poder induzir alterações do equilíbrio hidroelectrolítico em doentes susceptíveis ou com administrações em intervalos curtos (ex. 4/4h).

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.