Zé Maria a 14 de Maio de 2008 às 18:03
Olá!
Uma boa opção!
Mas uma sonda rectal ou de gazes não faz o mesmo efeito? não tem o balão para fixação, é certo, e a fixação com adesivos torna-se dificil. mas nao será o custo um bocado elevado se temos outras opções?
Foi só uma "acha" para a fogueira :)

Visao ENFernal a 14 de Maio de 2008 às 19:17
Uma boa acha para a fogueira!

Certamente uma sonda de enteroclise faria o mesmo efeito, mas estamos a falar de um dispositivo que garante um aumento significativo da qualidade de vida do doente acamado. Ao contrário das sondas rectais que são rígidas e de PVC, próprias para uso intermitente e de curta duração, esta sonda preparada para a incontinencia intestinal é de silicone, menos traumatica, consegue fixar-se sem auxilio de adesivos, permite ao doente mobilizar-se na cama com menos impedimentos do que uma sonda normal e tem um calibre muito maior, impedindo a obstrução fácil do sistema, além de garantir isolamento de odores.
Mas lá está, o custo-beneficio deverá ser bem ponderado pois estamos a falar de um dispositivo que ronda os 300 euros (exceptuando os sacos colectores). Faz todo o sentido em doentes com ulceras de sacro com fraca viabilidade tecidular provocada pela contaminação pelas fezes, cuijo dispêndio em materiais de penso poderá ultrapassar o preço por este dispositivo.

Anónimo a 12 de Agosto de 2015 às 11:32
Ola!
E a troca desse coletor seria diário?