O Visão Enfernal volta e a REvolta contra a Enfermagem como arte continua. A sua afirmação como ciência voltará a tomar lugar neste blogue, centrando a sua essência na divulgação da mais recente evidência científica.
comentar
publicado por Visao ENFernal, em 04.04.08 às 18:49link do post | favorito

Investigadores do Arizona verificaram recentemente que é possível aumentar o risco de sobrevivência, numa situação de paragem cardíaca, se um novo algoritmo de SAV pré-hospitalar for adoptado.
Num estudo publicado no Journal of the American Medical Association, ao aplicar 200 compressões torácicas antes da desfibrilhação, numa situação de paragem cardíaca, permite aumentar significativamente o fluxo sanguíneo cerebral, triplicando a taxa de sobrevivência em pessoas afectadas:


  • Intervention  Instruction: for EMS personnel in MICR (minimally interrupted cardiac resuscitation), an approach that includes an initial series of 200 uninterrupted chest compressions, rhythm analysis with a single shock, 200 immediate postshock chest compressions before pulse check or rhythm reanalysis, early administration of epinephrine, and delayed endotracheal intubation.
  • Main Outcome Measure:  Survival-to-hospital discharge.
  • Results:  Among the 886 patients in the 2 metropolitan cities, survival-to-hospital discharge increased from 1.8% (4/218) before MICR training to 5.4% (36/668) after MICR training (odds ratio [OR], 3.0; 95% confidence interval [CI], 1.1-8.9). In the subgroup of 174 patients with witnessed cardiac arrest and ventricular fibrillation, survival increased from 4.7% (2/43) before MICR training to 17.6% (23/131) after MICR training (OR, 8.6; 95% CI, 1.8-42.0). In the analysis of MICR protocol compliance involving 2460 patients with cardiac arrest, survival was significantly better among patients who received MICR than those who did not (9.1% [60/661] vs 3.8% [69/1799]; OR, 2.7; 95% CI, 1.9-4.1), as well as patients with witnessed ventricular fibrillation (28.4% [40/141] vs 11.9% [46/387]; OR, 3.4; 95% CI, 2.0-5.8).
  • Conclusions:  Survival-to-hospital discharge of patients with out-of-hospital cardiac arrest increased after implementation of MICR as an alternate EMS protocol. These results need to be confirmed in a randomized trial.



http://jama.ama-assn.org/cgi/content/abstract/299/10/1158
http://include.nurse.com/apps/pbcs.dll/article?AID=/200
80329/ALL01/80327007/0/frontpage
http://www.babble.com/CS/blogs/strollerderby/2007/08/23-End/cpr.gif


lifepassenger a 5 de Abril de 2008 às 12:24
O Blog Cogitare em Enfermagem encerra hoje portas e abre um novo capitulo, ou seja um NOVO Blog que o convido a ver, comentar e participar.

Neste novo espaço teremos agora uma nova rubrica que será assegurada por comentadores externos que iremos convidar para que assegurem a sua opinião sobre determinados assuntos que todos queremos ver esclarecidos.

Em destaque Temos o artigo de Opinião da autoria da Enfermeira Lucília Nunes, sendo já certo que mais e de diversos autores se seguirão preferencialmente um por mês, no entanto se assim for possível ou necessário, colocaremos mais artigos de forma mais frequente.

Estendemos a passadeira Vermelha para que nos possam visitar no novo Espaço agora criado e cujo nome será:COGITARE EM SAUDE.

Pediamos era para actualizar o Link para o novo blog.

Abraços e bom fim de semana

Visao ENFernal a 6 de Abril de 2008 às 14:17
Desejos de um óptimo trabalho para essa nova etapa, à semelhança do que se vinha a assistir com o Cogitare em Enfermagem.
O link já está up-to-date.

Cumprimentos do Visão ENFernal.

Anónimo a 5 de Abril de 2008 às 18:09
Não será um estudo demasiado pequeno para se partir do pressuposto que deveria ser implementado um novo SAV com base nestes resultados?

Outra coisa: Não iria resultar daí uma menor eficácia das últimas compressões? Pois como se sabe após algum tempo de reanimação (mais especificamente o passo compressão) o cansaço do reanimador não permite a força necessária para a perfusão pretendida? É que com este algoritmo o cansaço seria antecipado. Aliás já com o actual 30:2 se nota uma grande diferença relativamente ao 15:2, mas aguardemos pelo congresso do ERC 2008 para vermos como está a correr o actual .

Parabéns pela veia "investigadora". Abraço


Magistral Estratega

Http://saudeeportugal.blogspot.com

Visao ENFernal a 6 de Abril de 2008 às 14:27
O seu comentário tem toda a pertinência caro colega. Mas como o próprio estudo conclui, esta nova abordagem necessita de um estudo aleatório com uma amostra muito mais significativa daquela que foi utilizada. Contudo aponta para um aspecto fundamental: a importância das compressões torácicas numa reanimação PRÉ-HOSPITALAR. Operacionalizar este método pode ser difícil ao ponto de se atingir fracasso, mas permitiu aumentar a taxa de sucesso em termos de reanimação. Pode o algoritmo ser actualizado perante tais resultados? Obviamente que não, mas pode ser um ponto de partida para o ERC ponderar as suas guidelines

Anónimo a 6 de Abril de 2008 às 20:03
Até porque cada vez mais se dá primazia à compressão torácica relativamente a outra manobra, senão veja-se a evolução: 5:1;15:2;30:2.
No entanto quis apenas chamar a atenção para os problemas que se irão colocar com o cada vez maior enfoque nas compressões, ou seja a exaustão dos reanimadores e consequências na eficácia da reanimação. De qualquer forma aguardemos por Maio e pelo congresso do ERC sendo que lá para 2010 deverão sair novas guidelines e esse estudo que referiu não deixará de ser levado em conta.

Abraço e contínue com o estilo "diferente".


Magistral Estratega

http://saudeeportugal.blogspot.com

Alice Bento a 21 de Abril de 2008 às 23:00
Ok, só letra.
Se vocês fossem trabalhar talvez seria bem melhor, a sabedoria e a competencia profissional demonstram-se no campo e não nos blogs a partir da tecnica do "copy paste".
Valorizem mais a vida humana e o nosso trabalho, e dediquem-se em "campo" à nossa profissão, e contribuam assim para um desempenho global melhor, de letra estamos todos cheios.
É provavel que enquanto escrevem estas palavras ou q façam as vossas pesquisas, estejam outros a fazer o trabalho que deveriam ser vocês a fazer, mas nem quero pensar nessa eventualidade!
Cumprimentos.

Visao ENFernal a 30 de Abril de 2008 às 14:13
Caríssima Alice Bento:

Creio estar a deturpar o sentido deste blog.
Em primeiro, como criador e único colaborador deste espaço revejo o seu comentário como um ataque pessoal. Como pode compreender, também sou enfermeiro, também trabalho no campo e este espaço não serve como culto de emancipação pessoal. E inevitavelmente estamos sujeitos ao copy-paste, pois que eu saiba (ou corrija-me se estiver enganado), você própria também não lança artigos científicos da sua autoria todas as quartas-feiras para os principais jornais de enfermagem.
Este blog tem um objectivo, o de publicar o que mais de actual circula no conhecimento técnico de Enfermagem. Quem não gosta, por favor, a "porta da rua é a serventia da casa".

Cumprimentos

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


links
pesquisar
 
blogs SAPO